TEMA

Para o aniversário de 80 anos.

Todas as mensagens Sob Encomenda são de autoria de Arnold Gonçalves, com base em dados fornecidos pelo próprio solicitante.

Ser professora não é fácil, mas como é gratificante. E diretora? Duplamente professora, porque cuida das crianças e das professoras mais jovens. Com sua experiência, indica o caminho para aquelas em início de carreira, incentiva as não tão jovens a não esmorecer na labuta. Fui uma dessas professoras que guardaram ensinamentos benditos, e hoje venho por esta singela mensagem felicitar minha eterna diretora pelos seus oitenta anos de vida e dedicação ao ser humano. Sobretudo aos pequeninos, pois foi diretora do Jardim de Infância por muito tempo. Parabéns minha querida! Felicidades nesta nova etapa!


Nossa mãe faz oitenta anos, e isso é maravilhoso. Temos que fazer uma festa, e iremos fazer. Comemorar esta data festiva para dona Branca, e para nós também. Filhos, netos, bisnetos... amigos a mil. Como é bom ser querida, e nós a queremos muito bem. Como filha fico em êxtase, não sei nem como explicar meu sentimento. Minha felicidade, alegria de vê-la tão bem assim, feliz, assim como nos sentimos ao tê-la tão próxima de nós. Feliz aniversário mamãe Branca! Te amamos muito!

Precisamos realizar esta homenagem, afinal, são oitenta anos de histórias. Refere-se a maior preciosidade existente em nossa família. Flor mais bela, origem de todos nós, vidas em harmonia em torno desta linda flor. Registramos aqui nesta breve mensagem o quanto somos gratos pela sua presença maravilhosa. A família Alves Aguiar glorifica essa existência de oitenta longos anos dedicados a nos alegrar e a progredir. Palmas está feliz, o Tocantins é assim, valoriza sua matriz. Parabéns! Viva muito mais! Feliz!

Parece história de época, afinal, são longos oitenta anos de existência. filha, mãe, avó, bisavó. Menina, mulher. Tantas histórias para contar. 07/08/1938. Interior gaúcho. Nasceu filhinha de Primo e Candida. Não viu o pai, mas ouviu sua voz. Caçula de dez, nasceu e cresceu em Sobradinho. Alheia a guerra do exterior, envolvida na guerra do interior, sobreviver naqueles tempos sem um pai e com muitos irmãos. Ainda assim sobreviveu, e bem, saúde e beleza, paixão pelo futebol. Queria estar sempre presente vendo os irmãos jogando bola no Campestre. Encorpou, virou moça, e o seu Debona conheceu. Ele vinha como num filme, de capa preta, montado em seu cavalo. Assim visitava sempre a sua amada. Em 01/06/1963 tomou a guria em casamento e levou-a para Anchueta. Começava ali uma linda nova família. A família Debona está assim homenageando sua matriarca. Parabéns pelas seus oitenta anos!

Oitenta anos não é moleza, ainda mais sendo professora. E ainda, uma das pioneiras em nossa comunidade. Importância fundamental teve para a formação de quase todos nós. Encontrou muitas dificuldades. Nada que o seu bom humor não dissipasse. Através desta alegria trouxe uma pitada de felicidade para o lugar. Sabemos que adora uma piada, é... para quebrar o gelo, se achegar ao aprendiz, ganhar sua confiança. E por falar em piada, que tal registrarmos frases que irão emocioná-la de montão: “É pra copiar?”; “Precisa deixar quantas linhas?”; “Vai cair na prova?”; “A aula vai até que horas?”; “Vale quantos pontos?”; “A prova vai ser em dupla?”; “A senhora nunca falta?”; “Dá para repetir tudo do começo?”... Obrigado professora querida, por ter suportado todas estes constantes questionamentos com a alegria em seu coração. Fez de nós adultos corretos e humanizados. Parabéns pelo seu aniversário de oitenta anos.

Era uma vez, Manuel. Não qualquer Manuel, este desde cedo mostrava-se diferente, fadado a viver grandes aventuras. Com esse nome, adivinha, seu pai era português. O pai lusitano migrou para o Brasil e foi parar no Pará, em Abaetetuba de 1930. Não quis São Paulo, nem mesmo o Rio. Foi ser barqueiro na amazônia, porque precisava conhecer Maria para casar, e nela fazer doze crias. Manuel foi a de 1938 e trilhou caminho semelhante ao de seu pai. Foi barqueiro e casou com Maria, mas foi mais econômico nas crias, teve só cinco filhos. Como o pai, jamais fugiu da luta e muito ajudou toda sua família. Agora está fazendo oitenta anos, e por esta benção divina, sua família quer retribuir com carinho, fazendo imensa festa e alegria. Parabéns Sr. Manuel.

Hoje é uma data especial. É dia de festa. Aniversário de 80 anos. Bela história de vida. Mulher... esposa... mãe... sogra... avó... bisavó... Tudo isso sem perder a doçura... criatividade... alegria... amizade... fé... amor... Hoje está mais cansada, mas não menos feliz, em meio as suas pinturas... suas costuras... Hoje, nós, amigos e parentes... filhos e netos... Queremos agradecer a Deus por nos permitir participar de sua existência. Parabéns QUERIDA.

Sorte ou resultado de dedicação com a saúde, fazer 80 anos é, para o aniversariante, uma baita vitória. A comemoração geralmente fica por conta da família, mas o aniversariante não se importa muito, pelo contrário, o que vier, é lucro.

Peça AGORA a sua Mensagem.